De olho no rival: Vasco pode ser punido caso escale Thalles Magno para partida contra o Flamengo

há 12 dias Por: Peter Jordan

Após a vitória sobre o Grêmio por 3 a 1, o Flamengo se prepara para o próximo desafio contra o Vasco, neste sábado (17), às 19h, horário de Brasília, no Estádio Mané Garrincha. Com o foco no clássico, o time Rubro-Negro realiza seus treinamentos até a manhã de sexta-feira (16), e depois segue viagem para Brasília. Em contrapartida, o cruzmaltino encara uma situação difícil com a CBF, por conta do jogador Thalles Magno, que foi convocado para representar a seleção brasileira e, teoricamente, ficaria de fora do jogo contra o Mais Querido.

O atacante do Vasco foi convocado, assim como Reinier do Flamengo, para os amistosos contra o Chile, nos dias 15 e 17 de agosto, em Goiânia, entretanto, Thalles não se apresentou à CBF. Mesmo não estando presente nos jogos da seleção brasileira Sub-17, o jogador também pode não participar da partida contra o Flamengo, pois, de acordo com o procurador-geral do STJD , Felipe Bevilacqua, em entrevista ao jornal O Globo, o clube cruzmaltino poderá ser punido, caso escale o jogador de 17 anos.

— Entendo que se trata de um caso grave e preocupante. Pode gerar imediata incidência do artigo 207 do CBJD, fora a ameaça de escalação sem absoluta condição de jogo, o que pode gerar um prejuízo incalculável ao clube. 

 

Além de correr o risco de ser multado em até R$100 mil pelo artigo 207 do CBJD, que consiste em uma punição para o clube que “ordenar ao atleta que não atenda à requisição ou convocação feita por entidade de administração de desporto, para competição oficial ou amistosa”, o Vasco também poderá perder os pontos que conquistar na partida, caso vença ou empata, pelo artigo 214, que consiste em um processo por escalação irregular de um jogador.

O Vasco da Gama se recusou a liberar o jogador para os amistosos disputados fora da data Fifa. A CBF, por outro lado, deixou claro que não o atleta não será desconvocado.